Bienal do Livro do Ceará – Espaço Coletivo da Rede Nordeste do Livro, Leitura e Literatura

bienal
XI Bienal Internacional do Livro do Ceará
de 06 a 14 de dezembro de 2014
Rede Nordeste do Livro, Leitura e Literatura
Fórum de Literatura, Livro e Leitura do Ceará
Local: Centro de Eventos do Ceará
Av. Washington Soares, 999, Fortaleza, Ceará

CONVITE

A Rede Nordeste do Livro Leitura e Literatura e o Fórum de Literatura, Livro e Leitura do Ceará, em parceria com a XI Bienal Internacional do Livro do Ceará concede espaço para pequenas editoras e autores independentes do Nordeste exporem seus livros no Espaço Coletivo da Rede Nordeste do Livro, Leitura e Literatura / Instituto Delta Zero. Para tanto é necessário o preenchimento do formulário em anexo.

O Espaço ocupará uma área de 30m² e será dividido de acordo com o número de inscritos.

Preencha a Ficha de Inscrição anexa e confirme ter lido e concordado com os termos do Regulamento de uso do Espaço.

A XI Bienal Internacional do Livro do Ceará acontecerá entre os dias 06 e 14 de dezembro de 2014, para maiores informações sobre a bienal acessem o site http://www.bienaldolivro.ce.gov.br.

Divulguem.

Comissão Organizadora
Mileide Flores – Rede Nordeste do Livro, Leitura e Literatura
Kelsen Bravos – Fórum de Literatura, Livro e Leitura do Ceará

ANEXO:
Ficha de inscrição: ficha-de-inscricao-no-estande-do-flec

Regulamento Geral da Bienal

Regulamento Específico para o Espaço do Nordeste – RNELLL

Anúncios

Desoneração de pequenas editoras e livrarias na pauta da Câmara

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados votou nesta quarta (24/3) à tarde projeto de lei de autoria do deputado federal Antônio Palocci (PT-SP) para estender a desoneração fiscal do livro às pequenas e micros editoras, livrarias e distribuidoras optantes do Simples. Com isso, todas as empresas do mercado editorial (as que recolhem tributos pelo lucro real ou presumido já são beneficiadas desde 2004) terão 0% de alíquota no Pis e Cofins.

Entidades apoiadoras: Libre, CBL, ANL, ABDL e Snel.

Fonte: Cultura e mercado