Pipol no Ceará! #CronópiosParaSempre

Mais um registro em memória do escritor e editor co-fundador dos sites Cronópios e Cronopinhos e autor do pocket book Brinquedos de Palavras: Pipol, que nos deixou neste 16 de abril de 2015.

cronopiospipol
Fonte: perfil do FaceBook de Cronopios Pipol

Fala Carlos Emílio C. Lima:
“Graças ao meu amigo escritor Kelsen Bravos, reproduzo um texto de Pipol quando fizemos em 2006 o primeiro encontro de revistas e sites literários brasileiros aqui em Fortaleza e convidamos Pipol para se espraiar aqui nas praias ainda poéticas do Ceará. Havia tanto entusiasmo! Ouro solar nos olhos de alegria cintilando. Infelizmente, O Minc, – era a época de Gilberto Gil – não estava nem aí para o novo fenômeno da literatura na internet. Os pontos de cultura jamais incluíram as sites de literatura, as revistas literárias regionais. Somente quando do projeto pontos de midia livre, com o Juca Ferreira, começou-se pensar nisso dentro do ministério e algumas publicações foram contempladas como a revista Arraia PajéurBr. Mas em 2012, um pouco mais e o projeto foi interrompido pelas sucessivas e atabalhoadas mudanças de objetivos no MinC. Leiam o agradável e ensolarado texto de Pipol sobre o encontro e vejam algumas fotografias tiradas por ele durante o evento: O Consenso de Fortaleza

Programação da Rede Nordeste do Livro, Leitura e Literatura na XI Bienal Internacional do Livro do Ceará

bienal

DIA 11 (10h00 às 12:00)

FÓRUM RNELLL/FLLLEC – Panorama da indústria do livro na era Digital – Ednei  Procópio e Carlo Carrenho – Mediação: Flávio Martins

DIA 11 (14h00 às 15h50)

FÓRUM RNELLL/FLLLEC – Organizações sociais e a mediação da leitura (depoimentos de 3 ONGs que trabalham a mediação da Leitura)

DIA 11 (16h00 às 17h50)

FÓRUM RNELLL/FLLLEC – Organizações sociais e a mediação da leitura (depoimentos de 3 ONGs que trabalham a mediação da Leitura)

DIA 12 (10h00 às 12h00)

FÓRUM RNELLL/FLLLEC  – O papel das pequenas e médias editoras e livrarias na inovação do mercado editorial brasileiro: Karla Melo (Ed. Confraria do Vento, Afonso Martins (ANL), Flávio Martins (Ed. Conhecimento) –  Mediação: Mileide Flores

DIA 12 (14h00 às 15h50)

FÓRUM RNELLL/FLLLEC – O direito que ampara a literatura – da política do livro ao direito autoral: Carolina Campos e Kelsen Bravos

DIA 12 (16h00 às 17h50)

FÓRUM RNELLL/FLLLEC – O Escritor em Pauta – Cleudene Aragão, Vânia Vasconcelos e Carlos Vazconcelos

18h00

Encerramento com a retirada de um documento a ser entregue ao próximo Secretário de Cultura.

Bienal do Livro do Ceará – Espaço Coletivo da Rede Nordeste do Livro, Leitura e Literatura

bienal
XI Bienal Internacional do Livro do Ceará
de 06 a 14 de dezembro de 2014
Rede Nordeste do Livro, Leitura e Literatura
Fórum de Literatura, Livro e Leitura do Ceará
Local: Centro de Eventos do Ceará
Av. Washington Soares, 999, Fortaleza, Ceará

CONVITE

A Rede Nordeste do Livro Leitura e Literatura e o Fórum de Literatura, Livro e Leitura do Ceará, em parceria com a XI Bienal Internacional do Livro do Ceará concede espaço para pequenas editoras e autores independentes do Nordeste exporem seus livros no Espaço Coletivo da Rede Nordeste do Livro, Leitura e Literatura / Instituto Delta Zero. Para tanto é necessário o preenchimento do formulário em anexo.

O Espaço ocupará uma área de 30m² e será dividido de acordo com o número de inscritos.

Preencha a Ficha de Inscrição anexa e confirme ter lido e concordado com os termos do Regulamento de uso do Espaço.

A XI Bienal Internacional do Livro do Ceará acontecerá entre os dias 06 e 14 de dezembro de 2014, para maiores informações sobre a bienal acessem o site http://www.bienaldolivro.ce.gov.br.

Divulguem.

Comissão Organizadora
Mileide Flores – Rede Nordeste do Livro, Leitura e Literatura
Kelsen Bravos – Fórum de Literatura, Livro e Leitura do Ceará

ANEXO:
Ficha de inscrição: ficha-de-inscricao-no-estande-do-flec

Regulamento Geral da Bienal

Regulamento Específico para o Espaço do Nordeste – RNELLL

Governo: Sai lista de classificados para o PNLD 2015

PublishNews – 18/06/2014 – Leonardo Neto

MEC divulgará, nos próximos dias, guia com informações sobre cada uma das obras selecionadas

 O MEC, através da Secretária da Educação Básica (SEB), anunciou os livros classificados para o PNLD 2015, destinados aos alunos e professores do ensino médio. O ministério ainda não divulgou uma lista consolidada com os selecionados, mas os números de 2014 dão o tamanho do negócio que as editoras brasileiras estão para fechar. No ano passado, foram comprados quase 138 milhões de livros distribuídos para 31 milhões de alunos em quase 80 mil escolas espalhadas pelas cinco regiões brasileiras. Apesar de o MEC não ter anunciado oficialmente os classificados e nem ter divulgado os números das compras, as editoras já trataram de divulgar seus próprios números. Em comunicado enviado a acionistas e investidores, a Saraiva diz que, das 23 obras inscritas, 17 foram aprovadas, o que representa 74% de aprovação das obras submetidas. Em 2012, quando teve seleção de livros para o ensino médio, a Saraiva tinha um índice de aprovação de 66%. A Abril Educação – detentora das marcas Ática e Scipione – teve 20 títulos selecionados – de um total de 26 inscritos. As editoras que concorreram podem ver a situação de suas obras acessando o Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle  – Simec, com login e senha dados pela SEB.
A próxima etapa será conquistar os corações de secretários de educação, diretores, coordenadores e professores, responsáveis pelas escolhas de quais livros serão adotados em sala de aula. A Abril Educação saiu na frente e já criou uma ação de engajamento desse público. O movimento #EducarTransforma quer resgatar o encantamento pela arte de educar e aprender. A ação quer mobilizar, pelas redes sociais, para apoiar o PNLD 2015 e ainda estimular o público a compartilhar o conteúdo postado no site da campanha. Lá, os leitores e internautas encontram histórias inspiradoras de professores, autores e estudantes, além de artigos e vídeos de profissionais e especialistas da área sobre temas relacionados à realidade da educação brasileira, como, por exemplo, o emprego de tecnologia no ensino, boas práticas de ensino e eventos do setor da educação em geral. A Saraiva, também de olho nos professores, criou um hotsite com as suas obras escolhidas. Ali, os responsáveis pelas escolhas dos livros terão a chance de conhecer as obras e seus autores.

Assembleia do FLLLEC integra programação da Festa do Livro e da Rosa

Desde 2003, todo dia 23 de abril, em Fortaleza se promove a Festa do Livro e da Rosa – inspirada iniciativa da escritora, pesquisadora, produtora cultural, Cleudene Aragão, realizada pelo Instituto Travessias, em comemoração ao Dia Mundial do Livro. Dentro da Programação da Festa do Livro e da Rosa, o Fórum da Literatura, Livro e Leitura do Estado do Ceará – FLLLEC realizará Assembleia que cumprirá a seguinte pauta:

  • Informes
  • Apresentação de resultados das ações do FLLLEC
    • Rede Nordeste
    • Participação na Conferência Nacional de Cultura
    • Representações no Colegiado Setorial da Literatura, Livro e Leitura – CSLLL
    • Representação no Conselho Nacional de Política Cultural
  • Editais da Diretoria do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas
  • Revisão do Plano Nacional do Livro e da Leitura – PNLL
  • Plano Estadual da Cultura Infância
  • Plano Estadual do Livro e da Leitura
  • Planos Municipais do Livro e da Leitura

A Assembleia do FLLLEC ocorrerá de 17h às 19h no auditório do Centro de Humanidades da Universidade Estadual do Ceará.

Sobre a Festa do Livro e da Rosa

Na Catalunha, o dia 23 de abril, além de ser o dia do padroeiro, Sant Jordi (São Jorge em catalão), é também o dia das rosas e dos livros. Esta tradição catalã de oferecer rosas e livros às pessoas que se estimam transformou-se numa festa que, há quase 90 anos, atrai muita gente pelos valores que traz consigo. Todas as livrarias da cidade colocam stands nas principais ruas de Barcelona e dão descontos, enquanto os vendedores de rosas se espalham pelas praças e esquinas. Não é feriado, mas as pessoas saem mais cedo do trabalho para comprar o presente do(a) companheiro(a) e dos amigos e familiares e a cidade ganha um clima festivo.

Desde 1995, ano em que a Unesco, baseando-se nesta festa catalã, declarou o dia 23 de abril, Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, diversos países já adotaram esta velha tradição catalã como uma festa mais do seu calendário.

Em Fortaleza, a Festa do Livro e da Rosa chega a sua 9ª edição, celebrando 11 anos de fomento à leitura e amor aos livros, pois foi realizada pela primeira vez em 2003, também no Centro de Humanidades da Universidade Estadual do Ceará.

Festa do Livro e da Rosa 2014 – 23 de abril de 2014

Auditório do Centro de Humanidades da UECE

Realização: Instituto Travessias

GP LEER (Grupo de Pesquisa Literatura: Estudo, Ensino e (Re) leitura do mundo)

FLLLEC (Forum da Literatura, Livro e Leitura do Estado co Ceará)